Como entrar em Londres? DICAS e Documentos necessários pra passar pela imigração e viver o sonho de conhecer a Inglaterra.

http://www.blogpaudearara.com.br/como-entrar-em-londres-dicas-e-documentos-necessarios-pra-passar-pela-imigracao-e-viver-o-sonho-de-conhecer-a-inglaterra/

A terra dos Beatles, Harry Potter e de tantos outros ícones mundiais, o sonho de quase todos os brasileiros.

A terra encantada, de reis, rainhas, príncipes e princesas.

Londres, um sonho possível ou impossível?

 

Londres é a capital da Inglaterra, país que faz parte do Reino Unido (Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte), que é uma união política de quatro países: Escócia, Inglaterra, Irlanda do Norte e País de Gales.

Qual a diferença da Grã-Bretanha pro Reino Unido?

É comum falar dos dois como se fossem os mesmos.

Mas a Grã-Bretanha é a ilha onde fica a Inglaterra, Escócia e País de Gales.

O Reino Unido, por sua vez, abarca a Grão Bretanha + a Irlanda do Norte.

 

REINO UNIDO saiu da UNIÃO EUROPEIA, E AGORA?

Quando fui à Londres, a Inglaterra ainda fazia parte da União Europeia. Agora que o Reino Unido saiu, o que muda?

As coisas ainda estão um pouco incertas. Mas, independente disso, mesmo antes, para entrar no Reino Unido (quem tem o passaporte brasileiro) já necessitava de um carimbo de entrada à parte (dos outros países que faziam parte do Tratado de Schengen).

O que é esse Tratado? Um acordo entre alguns países europeus de abertura de fronteiras e livre circulação de pessoas.

É o seguinte: o Reino Unido fazia parte da União Europeia, mas não do Acordo de Schengen.

Na prática: pros europeus, havia livre circulação pro Reino Unido.

Pra nós, brasileiros, entrar em Portugal, por exemplo, não nos dava livre acesso à Londres.

Hoje, nada muda pra gente praticamente.

A mudança é mais pra quem tem passaporte europeu e antes tinha livre acesso ao Reino Unido.

 

COMO ENTRAR EM LONDRES?

Fui à Londres no mochilão que fiz à Europa. Entrei inicialmente por Lisboa, de lá consegui o carimbo pra ficar 3 meses pela Europa, podendo circular livremente pelos países que fazem parte do Acordo de Schengen.

De Portugal fui pra Espanha, sem necessidade de nova permissão/carimbo de entrada.

Da Espanha fui à Londres.

Já na Inglaterra, tive que passar novamente pela imigração e conseguir uma nova permissão para ficar e circular no Reino Unido.

A permissão por lá, ao invés de 3 meses, é de 6 meses.

Mas é válido pro Reino Unido. E não pros outros países europeus.

 

COMO PASSAR PELA IMIGRAÇÃO?

Todo mundo tem certo receio sobre a entrada em Londres, por ser mais rígido.

Minha passagem pela imigração foi tranquila. Tinha que preencher uma fichinha com os dados e o local que iria ficar (coloquei o endereço do Hostel).

Só me perguntaram quantos dias eu pretendia ficar e a quantidade de dinheiro que estava levando. Como a fila estava pequena, em menos de 5min já havia saído.

Londres tem vários aeroportos, então é importante saber em qual você está pra buscar antes as informações que precisa pra chegar ao seu destino.

 

DICAS:

  • Levar uma quantidade suficiente de dinheiro (LIBRA ESTERLINA – moeda oficial do Reino Unido).

Pois na imigração eles podem pedir pra ver. E é importante ter uma média de dinheiro que possa comprovar as informações que você vai fornecer.

  • Passagem de volta comprada.

É fato que nem sempre temos a passagem de volta comprada com antecedência, ainda mais se for ficar os 6 meses completos.

Principalmente os mochileiros, que vão de um destino a outro sem muita previsão, data e hora marcada.

Mas o que vale é demonstrar pra eles que a intenção não é ficar por lá.

Até por que a permissão de entrada é de turismo, o que te impede de realizar outras atividades.

  • Endereço e Reserva do Hotel/Hostel/Apartamento/Casa de onde irá se hospedar.

Mais uma vez, o que vale é demonstrar que não quer ficar ilícito no país.

  • Se tiver como, levar uma Carta de Apresentação de algum amigo, conhecido, morador (legal) de lá, que se responsabilize por você. Informando endereço e dados pessoais.

A intenção é não deixar nenhuma dúvida de ilegalidade na polícia.

  • Documentos pessoais: Dados pessoais, profissão e condição financeira. Mostrar que tem condições de pagar a viagem ou tem quem pague.
  • Passaporte válido.

Isso é meio óbvio, maaaaas. Não esqueça. Rs

  • Seguro de Viagem.

 

Pode ser que eles peçam tudo isso, pode ser que não.

No meu caso foi de boa demais.

Mas agora, com a Europa aperriada do jeito que tá, com o Reino Unido até saindo da União Europeia, eles vão ser bem mais criteriosos com as fronteiras.

É bom se precaver de todas as formas.

 

Até o momento que escrevo esse post, nada mudou em termos de entrada de brasileiros no Reino Unido.

Com tantas mudanças acontecendo, é MUITO IMPORTANTE pesquisar se surgiram novos requisitos.

Outra coisa: essas dicas são referentes à permissão de turismo.

Pra trabalho, moradia e vistos mais duradouros os critérios são outros.

Procurar saber no Consulado Britânico.

 

Agora que você já sabe como se precaver, chegou a hora de conhecer TUDO pela incrível capital londrina.

Que tal começar se preparando nesse post aqui, que conta um pouco dos principais pontos turísticos de lá!?


Veja também:


 

 




Booking.com

Deixe uma resposta